7 dúvidas frequentes para quem vai comprar um imóvel

Comprar um imóvel é um investimento de vida, por isso sempre temos muitas perguntas para o corretor.

Se você vai comprar para morar ou para investir, se vai ser uma casa ou um apartamento, não importante, algumas dúvidas são comuns a todos que buscam concretizar essa tão importante compra, por isso listamos algumas das dúvidas que são, ou deveriam ser comuns entre todos que vão adquirir um imóvel.

Financiamento de Imóvel

Como estão as condições de financiamento do imóvel?

Existe algum tipo de impeditivo financeiro no imóvel sendo negociado? É importante saber quais e como são as condições de compra do imóvel, principalmente quando estamos falando em financiamento. Atualmente financiar pelo Banco A ou B não te dá uma plena segurança, por isso sempre faça essa pergunta para o seu corretor analisar bem as opções e busquem aqueles que são parceiros dos bancos, pois eles saberão as informações mais atualizadas e melhores condições.

O bairro do imóvel é seguro? Existe algum histórico de violência pela região?

Atualmente, principalmente nas grandes cidades, tornou-se pré-requisito a preocupação quanto a violência nos bairros e nas regiões no geral, por isso é bom saber as condições de segurança do bairro onde você pretende comprar um imóvel.

Se a rua possui movimento durante o dia, se existe algum tipo de atividade comercial nas proximidades ou até mesmo o tipo de vizinhança que estão próximas ao imóvel. Todos estes fatores são essenciais quando estamos tratando de segurança. Se possível tente verificar junto a moradores locais como é o clima diário ou visite o local em dias normais sem ser apenas para visitar o imóvel. Isto pode mostrar pra você como será o clima diário do local.

Qual tipo de serviços estão próximos do imóvel?

Nada mais gostoso do que ter um pãozinho fresco em casa na hora de um cafezinho, não é? Pois bem, se você é do tipo de pessoa que não dispensa alguns serviços próximos a sua casa o conselho é que você percorra o bairro onde está o imóvel para descobrir quais os serviços estão próximos e quanto este tipo de serviço possui valor para o seu dia-a-dia. Lembre-se que escolas próximas, padarias e pequenos comércios podem gerar um bom convívio para crianças e adultos, além disso serviços próximos valorizam ainda mais o imóvel, principalmente se estes serviços forem distantes suficientes para não atrapalhar o dia-a-dia, mas próximos o suficiente para que você tenha acesso a pé.

Existe algum tipo de risco topográfico na região do imóvel?

Pode até parecer um pouco de exagero, mas é sempre bom verificar a região do imóvel, quanto a rios, barreiras, morros e montanhas, até mesmo quanto ao tipo de terreno. Para que você não venha a ter surpresas no futuro procure se informar quanto a fluidez de rios e se houve algum tipo de alteração radical nos últimos cinco anos na flora local (em caso de encostas) isto porque a alteração de alguns tipos de vegetação podem resultar em deslizamento de terras e outros incidentes. Por fim, verifique sempre por rachaduras no imóvel, principalmente as diagonais, se forem muito extensas podem significar erosão no alicerce dele.

Quanto a reformas? Quais são as regras?

Principalmente para quem tem a intenção de comprar imóveis em condomínios fechados, é sempre bom saber quais são os limites da reforma, mas isso vale também para alguns bairros. É importante saber quais são as regras de construção da região, por exemplo, se você vai adquirir um imóvel próximo a um Aeroporto é provável que exista uma legislação local que limite a altura das construções, assim como quando se você for construir próximo a praias e até mesmo imóveis antigos. Em alguns casos o imóvel pode também ter algum tipo de controle sobre patrimônio histórico ou até mesmo regras condominiais. Por isso informe-se antes de seguir sonhando com alterações no local onde você pretende morar.

Como funcionam os transportes da região?

Independente de classe econômica, a maioria das pessoas hoje se preocupa com o meio ambiente e com seu bem estar e isso obviamente passa pelo transporte e acessibilidade de suas residências. Desta forma é importante saber como será o seu dia-a-dia com relação a acesso de transportes públicos ou até mesmo a acessibilidade da sua casa aos locais que você deve ir nos seus dias e os seus hábitos. Por isso verifique as linhas de ônibus, a distância até o ponto de ônibus mais próximo ou estação de metrô, até mesmo disponibilidade de taxis. Em caso de bairros mais distantes, caso você queira ter um pouco mais de conforto, você pode verificar a existência de transporte executivo, existente em diversas cidades do Rio.Caso você não goste de usar transporte público, faça uma análise quanto ao tráfego de veículos, como são as condições diárias do transito entre o futuro imóvel e o seu local de trabalho.

Como é a vizinhança do imóvel?

Essa questão não é nada fácil, pois é preciso passar pela vizinhança principalmente nos finais de semana para descobrir como são os seus futuros vizinhos, como é o dia-a-dia no local. A existência de praças e espaços de atividades em comum que demonstrem uso, revelam que provavelmente aquele local é uma vizinhança ativa. Contudo aparelhos que demonstrem pouco uso podem sugerir o oposto. Mas o mais importante ainda é observar a vizinhança visitando em dias de movimentação, geralmente finais de semana com tempo bom.

Tem mais dúvidas? Pode comentar abaixo que nós respondemos, afinal é importante que você faça todas as suas perguntas antes de concretizar esse passo tão importante em sua vida.

Envie para um amigo...